quinta-feira, 23 de julho de 2009

HP, pra que te quero?

Calculadoras gráficas são bacanas,
pessoalmente simpatizo muito com a hp50g, é incrível o número de aplicativos disponíveis para ela, além de seu manuseio ser simples e intuitivo, suas bibliotecas de constantes, fórmulas, combinados com uma tela com boa resolução e processador relativamente rápido facilitam em muito a vida de qualquer profissional da área das exatas.


HP e uma de suas soluções triviais. =P


É muito fácil trabalhar com matrizes, integrais, derivadas, limites, sistemas, gráficos em duas ou três dimensões e uma infinidade de outros recursos oferecidos por ela, porém, o seu maior diferencial está em sua possibilidade de programação.
O fato é que programar faz com que qualquer tarefa tediosa e repetitiva seja executada pela máquina ganhando-se assim muito tempo.

A HP 50g trabalha com três linguagens diferentes de programação, são elas assembly, ou linguagem de máquina, UserRPL e SystemRPL, a primeira é de nível muito baixo e complexa, porém, a mais eficiente, a segunda trata-se de uma versão da última, porém com checagem de erros, enquanto que na última, o programador deve preocupar-se com todos os erros possíveis, a diferença é que programas em systemRPL são até dez vezes mais rápidos do que em userRPL.

Para iniciantes recomendo userRPL, há muitos tutoriais na internet que auxiliam muito no começo e trata-se da linguagem mais simples. Um bom tutorial pode ser baixado no link a seguir, esta em inglês, mas, como diria um saudoso professor, todo engenheiro que se preze tem que saber inglês,

tutorial UserRPL

Pode-se programar na própria hp, porém é muito mais confortável utilizar programas desenvolvidos para este fim, eu recomendo o HPuseredit.


Uma vasta gama de programas podem ser obtidos de forma gratuita no site HPcalc, depois de testar vários, os que mais uso e gosto são os seguintes:

1- VigaG: O melhor programa para cálculo de vigas, deteminadas ou indeterminadas, de manuseio intuitivo e fácil calcula as reações de apoio, diagrama de força cortante, momento fletor e equação da flexa (deslocamento).


2- Sección: Programa para análise da seção transversal da viga, calcula o momento de inércia em relação aos vários eixos além do centróide e outros dados.


3- Larch: Programa para análise estrutural que calcula treliças vigas, etc. é mais chato de usar do que o VigaG, porém faz mais coisas, não ficando limitado apenas a vigas, e trabalha inclusive com estruturas 3D, exige um pouco de treino e atenção, porém é bastante útil.


4- XCELL: O Excel das HPs, muito bom.


5- Fem49: Um dos mais conhecidos programas para análise estrutural, também exige um pouco de prática, mas é um ótimo programa, um dos melhores. há um manual com exemplos também aqui.


Algums ótimos sites de referência são:
www.educalc.net
www.hpcalc.org
www.adictoshp.org
www.hpclub.com.br

Se você não tem uma HP, pode quebrar o galho com emuladores, existem opções de emuladores até mesmo para iphone, um 4 em 1 para computador pode ser baixado aqui



Como minha área é a eng. Mecânica, os programas que uso são na maioria voltados para análises estruturais, porém existe uma infinidade de programas para ciência da computação, eng. Elétrica, química, agronomia, topografia, etc.

Programando varias possibilidades são criadas, e sua HP deixa de ser uma calculadora de padaria, afinal algo além da impostolândia tem que justificar seu preço. =)

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Início